RECEBA NOSSO CONTEÚDO DE FORMA GRATUITA DIRETAMENTE NO SEU EMAIL

Grupo StudioStudio BankDólar volta a operar acima de R$ 5 e juros futuros tem forte queda

Dólar volta a operar acima de R$ 5 e juros futuros tem forte queda

O dólar voltou a superar a marca de R$ 5, nível que não era registrado desde o final do mês de março. Pela manhã, a moeda americana era negociada a R$ 5,0151, em alta de 0,50% no mercado à vista, após ter subido a R$ 5,0403 na máxima do dia. No mesmo horário, o dólar futuro para maio avançava 0,25%, para R$ 5,0195.

A recuperação dos ativos de risco no exterior, após as fortes perdas registradas ontem, 26, não alterou o câmbio, na medida em que as expectativas de um crescimento global mais fraco têm alimentado a demanda pelo dólar.

Desta forma, o índice operava em alta de 0,54%, aos 102, 85 pontos, ao medir o desempenho da moeda americana contra uma cesta de outras seis dividas fortes. Ao mesmo tempo, o dólar subia 0,50% ante o peso mexicano; avançava 0,14% em relação à lira turca; e avançava 0,69% contra o rand sul-africano.

Por aqui, a valorização do dólar também é sustentada por fatores domésticos, na medida em que o IPCA-15 de abril surpreendeu positivamente ao subir 1,73%, abaixo do consenso do mercado (+1,82%). Esse resultado derrubou as apostas mais agressivas para a Selic à frente e fez os juros futuros se ajustarem em queda firme ao longo de toda a curva a termo.

Ainda por volta das 9h40min desta quarta-feira, a taxa do contrato do Depósito Interfinanceiro (DI) para janeiro de 2023 caía de 13,03% no ajuste anterior para 12,88%; a do DI para janeiro de 2024 de 12,71% para 12,445%; a do DI para janeiro de 2025 cedia de 12,14% para 11,93%; e a do contrato de 2027 passava de 11.98% para 11,82%.

Fonte: Valor Econômico.

Clique aqui e seja um franqueado de sucesso!

Conheça a Studio Bank:



Redação Grupo Studio