RECEBA NOSSO CONTEÚDO DE FORMA GRATUITA DIRETAMENTE NO SEU EMAIL

Grupo Studio Franquias Studio FiscalConheça 12 soluções confiáveis em planejamento tributário

Conheça 12 soluções confiáveis em planejamento tributário

Entender como funcionam as soluções em planejamento tributário é fundamental para enfrentar uma das questões mais críticas para as empresas: a carga tributária. O Brasil registrou, em 2017, uma carga tributária média superior a 32%, de acordo com a apuração do Tesouro Nacional.

O peso dos tributos, entretanto, não é igual para todos. O cidadão, dependendo do seu padrão de consumo e de renda, pode ser mais ou menos onerado. A mesma lógica vale para as empresas.

A carga tributária diverge de acordo com os diferentes segmentos econômicos. Enquanto o impacto é de quase 45% para a indústria da transformação, comércio e serviços pagam, respectivamente, 36,4% e 23,1%.

E o que o planejamento tributário tem a ver com isso? Tudo. É por meio dele que as empresas conseguem identificar mecanismos legais para reduzir o custo tributário. Leia nosso artigo e entenda melhor.

O que é planejamento tributário?

Podemos entender o planejamento tributário como um conjunto de medidas adotadas para reduzir o custo tributário das empresas. Para isso, é feita uma análise no perfil tributário da organização e a partir desse diagnóstico são identificadas oportunidades para diminuir o pagamento de tributos.

Essas oportunidades são previstas pelo próprio sistema tributário. É o caso dos diferentes regimes de enquadramento, da recuperação de impostos, das desonerações, entre outros mecanismos.

O planejamento tributário deve ser capaz de analisar ponto a ponto quais são as opções menos onerosas para as empresas, incluindo a possibilidade de recorrer a lacunas legais.

O planejamento tributário é, portanto, uma revisão minuciosa sobre todos os aspectos que podem influenciar no pagamento de impostos no Brasil. Essa análise abrange procedimentos fiscais, regime de tributação, documentos, livros contábeis, estrutura societária, operações com o exterior identificando possibilidades de fusão, cisão, aquisição e até mesmo mudança de sede em busca da melhor proposta tributária.

No Brasil, o planejamento tributário é fundamental para a sobrevivência e para o ganho de competitividade das empresas. Atualmente, elas gastam 1.958 horas e cerca de 1,5% do faturamento, por ano, apenas para cumprir as obrigações acessórias. Soma-se a isso o efetivo custo tributário, com o pagamento direto dos impostos, e fica fácil entender que o ambiente de negócios pode ser desafiador.

Quais são as soluções em planejamento tributário?

O planejamento tributário, para gerar o melhor resultado possível, deve ser feito de forma coesa, com apoio especializado e análise abrangente sobre toda a estrutura fiscal da empresa. Por isso, o planejamento é um processo que dura cerca de um ano para ser elaborado e requer uma equipe de especialistas envolvidos nesse processo.

Esse trabalho é feito contemplando 3 grandes questões a serem analisadas:

Regime de Tributação (Mapa Fiscal)

É o processo conhecido também como mapa fiscal e tem o objetivo de o regime de tributação ideal para a empresa, podendo ser lucro real ou lucro presumido. Só essa análise já é capaz de gerar uma economia de até 40% no pagamento de impostos.

Revisão tributária

A revisão tributária é o procedimento para identificar impostos a recuperar, ou seja, prevê o retorno dos valores pagos indevidamente ou a maior, geralmente, por desconhecimento dos detalhes da legislação.

Na revisão tributária são verificados os impostos federais pagos nos últimos cinco anos. Nesse trabalho é verificada, ainda, a possibilidade de recuperação e estorno de débitos de impostos.

Consultoria fiscal

É o processo de orientação sobre como a empresa pode reduzir de forma legal sua carga tributária. Essa consultoria abrange três pontos importantes: controle adequado do faturamento, controle dos custos e o resultado líquido da empresa.

A partir desses três pontos, se desdobram 12 soluções:

  1. regimes de tributação (Mapa Fiscal);
  2. revisão de tributos federais (IRPJ/CSLL/PIS/COFINS);
  3. revisão das retenções na fonte (IRRF, CSLL, PIS e COFINS);
  4. revisão ICMS;
  5. revisão de ISSQN;
  6. revisão de IPI;
  7. revisão das operações com o exterior (importação e exportação);
  8. revisão previdenciária (INSS), fundiária (FGTS) e contribuições do sistema “S”;
  9. revisão da folha de pagamento;
  10. incentivos fiscais;
  11. análise de logística fiscal;
  12. reengenharia societária (fusão, cisão, incorporação e constituição de novas empresas).

Por que é importante contar com uma parceria estratégica?

Todas essas soluções dependem de um conhecimento complexo sobre o sistema tributário brasileiro — e não é algo simples. Apenas para se ter uma ideia, o Brasil edita cerca de 800 normas por dia. Para colocar em prática o planejamento tributário é fundamental não só conhecer o funcionamento do sistema tributário como manter-se atualizado.

As empresas têm dificuldade nessa área porque o foco de sua atuação não é fazer a gestão e cumprimento das obrigações tributárias. Por isso, é difícil elaborar o planejamento tributário no dia. As organizações que buscam essa saída acabam recorrendo aos serviços de consultoria contábil e fiscal.

No momento de escolher um parceiro estratégico, alguns aspectos devem ser levados em conta:

  • conhecimento técnico da equipe;
  • experiência;
  • qualidade.

Manual da gestão tributária guia prático para empresários

 

Por que contar com a Studio Fiscal como parceiro?

Você já deve saber que cada empresa de consultoria possui uma metodologia diferente. A Studio Fiscal, por sua vez, tem como foco a revisão tributária administrativa, tornando a entrega de resultados mais ágil. Já são mais de 5.000 trabalhos realizados com 99% de êxito nos resultados apresentados. Além de tudo, a  Studio Fiscal dispõe de um seguro de responsabilidade civil da Zurich Seguros, garantindo total segurança aos clientes.

Com mais de 20 anos de mercado e um exclusivo sistema de cruzamento de dados, desenvolvemos uma metodologia própria, delimitada em 9 etapas, que dá-se da coleta de documentos até a entrega final do trabalho. Conheça agora os passos que se dividem neste projeto:

  1. Reunião de abertura para compreender a tributação da empresa;
  2. Coleta de documentos solicitada pela nossa equipe;
  3. Cruzamento de informações no Studio Audit, nosso sistema exclusivo;
  4. Execução do trabalho pelo nosso time de auditores;
  5. Reunião Técnica para uma análise preliminar;
  6. Análise Técnica em que o contador da empresa valida o trabalho;
  7. Validação do contador da empresa x auditoria interna da Studio Fiscal (momento para dúvidas, alterações, recálculo, etc).
  8. Reunião de encerramento para aprovação final do trabalho;
  9. E, por fim, a Reunião de entrega onde serão disponibilizados os relatórios físicos e os resultados do trabalho.

Agora que você já sabe como funcionam as soluções em planejamento tributário, entre em contato conosco para verificar como podemos ajudar a resolver os problemas da sua empresa.


Redação Grupo Studio