RECEBA NOSSO CONTEÚDO DE FORMA GRATUITA DIRETAMENTE NO SEU EMAIL

Grupo StudioStudio EnergyReator nuclear dos Emirados Árabes começa operar

Reator nuclear dos Emirados Árabes começa operar

Reator nuclear dos Emirados Árabes Unidos está pronto para operar e é um marco na história do mundo árabe.

Usina nuclear dos Emirados Árabes Unidos (EAU) está pronta para entrar em operação, informou a agência regulatória local.

O reator de Barakah deve colocar os EAU no seleto grupo de 30 países que fazem uso da energia nuclear.

Construída por uma joint venture da Emirates Nuclear Corp. com a coreana Korea Electric Power Corp., a Nawah Energy Co., a usina receberá as suas primeiras recargas de combustível e deve atingir o nível de geração comercial nos próximos meses.

Outros países árabes, como o Egito e a Arábia Saudita, também querem construir usinas nucleares, gerando dúvidas acerca da segurança de tais empreendimentos em regiões geopoliticamente instáveis.

O reator de Barakah é o primeiro de quatro reatores de uso civil que o governo quer colocar em operação até 2023. As usinas, localizadas em uma região esparsamente povoada do país, deverão custar cerca de US$ 25 bilhões (R$ 108 bilhões).

A expectativa é que os reatores gerem cerca de 5,6 gigawatts quando estiverem operando plenamente, o que representa cerca de um quinto da atual capacidade instalada do país.


Redação Grupo Studio