RECEBA NOSSO CONTEÚDO DE FORMA GRATUITA DIRETAMENTE NO SEU EMAIL

Grupo StudioStudio EnergyAeroporto de Salvador contará com usina solar

Aeroporto de Salvador contará com usina solar

A partir de fevereiro o Salvador Bahia Airport passará a contar com uma usina solar na cabeceira da pista do aeroporto. A atitude é pioneira e o aeroporto do Estado da Bahia, dirigido pela empresa Vinci Airports, será o primeiro do país a usufruir do método.  O início da operação é esperado para a segunda quinzena de fevereiro. O intuito da concessionária é de reduzir em 30% a pegada de carbono do aeroporto, o que representa a 690 toneladas ao ano.

Localizada em um espaço de 30 mil m² a usina possuirá 4.215 KWp de potência instalada. Estima-se que a produção anual de energia gire em torno de 6.300.000 KWh, e a mensal deve ficar em 550 KWh. O investimento previsto é de R$ 16 milhões e depois de estar em total funcionamento, irá completar mais de 30% do consumo atual do terminal de passageiros.

De acordo com esclarecimentos da empresa, a aplicação de energia solar no aeroporto de Salvador integra o seu comprometimento com a sustentabilidade, junto com a Air Pact, estratégia ambiental global da propriedade da rede Vinci Airports, e retrata uma oportunidade de economia de consumo de energia elétrica do terminal.

Aeroportos como o de Santiago, no Chile, do grupo Nuevo Pudahuel, já realizam a captação de energia solar e utilizam no cotidiano das suas atividades. A criação da usina solar também responde a um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável do Milênio, da Organização das Noções Unidas.


Redação Grupo Studio