RECEBA NOSSO CONTEÚDO DE FORMA GRATUITA DIRETAMENTE NO SEU EMAIL

Grupo StudioStudio AgroRecuperação judicial do grupo agrícola Viana servirá como referência para outros casos

Recuperação judicial do grupo agrícola Viana servirá como referência para outros casos

O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Paulo de Tarso decidiu ontem afetar como recurso repetitivo o processo de recuperação judicial do Grupo Viana, do ex-deputado estadual em Mato Grosso Zeca Viana — o que significa que o seu desfecho servirá de referência para outras decisões sobre o assunto nas duas turmas do STJ.

O relator será o ministro Marco Buzzi e caberá a ele pautar o julgamento. “Acredito que a decisão deverá sair no próximo ano”, disse o afirmou advogado do Grupo Viana, Euclides Ribeiro da Silva Junior, do escritório ERS, de São Paulo.

No processo, é questionada a possibilidade de um produtor rural sem cadastro no Registro Público de Empresas Mercantis por pelo menos dois anos recorrer a esse tipo de ferramenta.

Com uma área de 35 mil hectares dedicados ao cultivo de grãos em cinco propriedades em Primavera do Leste, o grupo fatura cerca de R$ 200 milhões por ano e tem dívidas de R$ 311,7 milhões com 870 credores.


Leia mais:

Assista também:


Redação Grupo Studio