RECEBA NOSSO CONTEÚDO DE FORMA GRATUITA DIRETAMENTE NO SEU EMAIL

Grupo StudioStudio AgroPF realiza ação contra fraudes em títulos de terra

PF realiza ação contra fraudes em títulos de terra

Com o intuito de combater crimes associados a fraudes em títulos de propriedade de terrenos da União, em Vitória da Conquista, a Polícia Federal (PF), realizou uma operação nesta terça-feira (21).

De acordo com informações passadas pela PF, a operação provém de uma investigação que ocorre há mais de um ano, quando a corporação ficou sabendo que um casal de ex-juízes de direito da Bahia, uma advogada e um corretor de imóveis, estariam comercializando terrenos que eram destinados à Secretaria de Patrimônio da União (SPU).

Os terrenos haviam sido destinados à SPU para a edificação das novas sedes da Delegacia de Polícia Federal em Vitória da Conquista, do Ministério Público do Trabalho e do Ministério do Trabalho e Emprego.

O esquema teve início em 2016, com a elaboração de uma certidão falsa do 3º Tabelionato de Notas de Vitória da Conquista. O cartório certificava a existência de uma escritura pública de compra e venda da área, datada de 1994, cujo livro teria sido perdido. Com base na certidão, foi elaborado um registro imobiliário no 1º ofício de Imóveis da cidade, mas o livro estava danificado e não pode ser feita a sua verificação.

Desta forma, os investigadores puderam cancelar administrativamente a matrícula da propriedade da União e começaram a ameaçar quem ocupava a área de forma ilegal, obrigando pagamentos em troca da manutenção de seus negócios e residências.

O casal acabou por ser indicado pelos crimes de associação criminosa, estelionato, extravio de livro ou documento, prevaricação, falsidade ideológica, falsificação de documento público, extorsão e alienação ou oneração fraudulenta de coisa própria.

Fonte: Bahia Notícias.


Redação Grupo Studio