RECEBA NOSSO CONTEÚDO DE FORMA GRATUITA DIRETAMENTE NO SEU EMAIL

Grupo StudioNotíciasEngie Brasil busca startups para parceria em projetos digitais

Engie Brasil busca startups para parceria em projetos digitais

Startups do país inteiro poderão participar de um bate-papo sobre negócios com grandes empresas na próxima semana. Para esta edição do LinkLab Open Day[s], a Engie Brasil anuncia o lançamento de três desafios para as startups. O objetivo é buscar empresas inovadoras que possam ajudar a companhia no desenvolvimento de projetos digitais voltados às áreas de sustentabilidade, compras e contratações e gestão de almoxarifados.

O evento que acontecerá nos dias 3,4 e 5 de novembro será totalmente online e gratuito. As inscrições podem ser feitas através do site da Engie.

Os projetos de inovação aberta com startups são vistos pela empresa como grandes oportunidades para testar novas soluções de maneira rápida, flexível e com baixo custo. “Começamos testando em escala piloto e, se a solução for bem sucedida, existe a possibilidade de escalar a implementação na companhia. Para a startup, isso gera negócio com um grande cliente, e para a companhia, as conexões com as startups geram valor real”, comenta o diretor de novos negócios, estratégia e inovação, Guilherme Ferrari.

Entre os projetos que já foram selecionados pelo LinkLab Open Day está o HidrOS, sistema desenvolvido pela empresa em parceria com a startup Kartado e que atua na automatização de processos na gestão de equipes e serviços em reservatórios de hidrelétricas. No último desafio lançado pela ENGIE, em julho de 2020, foram selecionadas três startups que estão em negociação com a empresa para o desenvolvimento de soluções inovadoras na área de inteligência de mercado.

A empresa destaca que, por meio de parceria com as startups, pretende buscar inovação em três áreas de atuação: sustentabilidade, compras e contratações e gestão de almoxarifado – esta última inicialmente direcionada às usinas hidrelétricas localizadas no Rio Iguaçu: a Usina Hidrelétrica Salto Osório, no município de São Jorge d’Oeste (PR), e a Usina Hidrelétrica Salto Santiago, em Saudade do Iguaçu (PR).

O primeiro desafio é voltado para a “Automatização do inventário das emissões de gases de efeito estufa à atmosfera”. O segundo, da área de compras e contratações, busca soluções para a “Inteligência para tomada de decisão na contratação de serviços e compra de materiais”. Já o terceiro, que procura projetos de inovação para as usinas hidrelétricas localizadas no Rio Iguaçu, é chamado de “Controle de Notas Fiscais emitidas e recebidas”.


Redação Grupo Studio