RECEBA NOSSO CONTEÚDO DE FORMA GRATUITA DIRETAMENTE NO SEU EMAIL

Grupo StudioNotíciasApesar dos estímulos, bancos não concedem linhas novas

Apesar dos estímulos, bancos não concedem linhas novas

O Banco Central (BC) adotou atitudes que coloram 1,2 trilhão de reais em recursos no mercado, mas o dinheiro não está chegando às companhias. Apesar das ações que liberaram liquidez para os bancos, as instituições não estão aprovando linhas novas e quando aprovam, é com taxas altas e prazos curtos.

Quem tem a possibilidade, está captando com custo alto em categoria que possibilita pré-pagamento em situação mais vantajosa. Mas quem precisa de verdade, não está tendo acesso ao dinheiro para esse momento difícil, e muitas companhias estão vendo sua linha de receita vanescer.

Para quem trabalha na área de mercado de crédito, o aspecto do insensato começa a aparecer com a abertura rápida no retorno dos papéis de mercado secundário para companhias sem expectativa de interrupção dos negócios.

Cada um tem uma receita em busca de afastar a situação. Da maneira geral, uma maneira, com ou sem BNDES, que expandir a demanda por esses papéis, o que refletiria nas taxas que os bancos também pedem. O dinheiro não necessita vir todo do governo, só a segurança, de acordo com executivos entrevistados pela Exame.

Fonte: Exame


Redação Grupo Studio