RECEBA NOSSO CONTEÚDO DE FORMA GRATUITA DIRETAMENTE NO SEU EMAIL

Grupo StudioNotíciasProrrogar ou não o pagamento do Simples Nacional?

Prorrogar ou não o pagamento do Simples Nacional?

Foi divulgada pelo Comitê Gestor do Simples Nacional (CGSN) a Resolução 152/2020, que prevê a prorrogação de vencimento do Simples Nacional, devido à crise causada pelo novo coronavírus.

Em síntese, foram prorrogados por 90 dias os tributos estaduais e municipais como ICMS e ISS. Os tributos federais, como IRPJ, CSLL, PIS, COFINS, CPP e o IPI ficaram com o pagamento adiado por 06 meses.

O objetivo da determinação é aliviar o caixa das empresas nesse momento de crise em que o país se encontra. Porém, esse é um alivio superficial, já que essa medida acaba somente adiando o pagamento.

Tabela de vencimentos do Simples Nacional

ICMS e ISS
Período de ApuraçãoVencimento OriginalVencimento Prorrogado
Março/202020.04.202020.07.2020
Abril/202020.05.202020.08.2020
Maio/202022.06.202021.09.2020

 

IRPJ, CSLL, PIS, COFINS, CPP e IPI
Período de ApuraçãoVencimento OriginalVencimento Prorrogado
Março/202020.04.202020.10.2020
Abril/202020.05.202020.11.2020
Maio/202022.06.2020

 

Ficar em dúvidas quanto à opção pela prorrogação dos pagamentos é bastante comum. É importante pensar que a partir do mês de julho, irão ficar duas parcelas mensais – a prorrogada e a do mês a vencer – e isso pode fazer a diferença no caixa.

O empresário precisa analisar o fluxo de caixa e pensar muito bem na melhor decisão a ser tomada.

Não esqueça: o prazo para pagamento do Simples Nacional é até o dia 20, então, os contribuintes precisam decidir se optam ou não pela medida até a próxima segunda-feira.


Redação Grupo Studio