RECEBA NOSSO CONTEÚDO DE FORMA GRATUITA DIRETAMENTE NO SEU EMAIL

Grupo Studio Franquias E-FiscalO que é a geração de caixa e qual seu impacto em uma empresa

O que é a geração de caixa e qual seu impacto em uma empresa

Aprenda sobre a geração de caixa

A geração de caixa é comumente confundida com o lucro que tem uma empresa e esse tipo de confusões acaba fazendo com que muitos empresários cometam erros que podem levar até a falência da empresa.

Em épocas de crise, é comum que as empresas solicitem pedidos de falência, causado justamente pela incapacidade de poder realizar seus pagamentos ou, pela falta de fluxo no caixa.

Nesse artigo apresentaremos com detalhe ó que é geração de caixa, qual a sua diferença com o lucro e as principais dicas a seguir para evitar problemas com o capital entrante e saindo da sua empresa.

O que é geração de caixa?

A geração de caixa serve para indicar a capacidade de uma empresa de poder realizar os pagamentos correspondentes ao seu funcionamento, como impostos ou tributos, fornecedores, funcionários, manutenção de equipamentos e qualquer outro que implique uma saída de dinheiro.

A geração de caixa é gerada pelas entradas e saídas de dinheiro que a empresa tem, seja pela venda de ativos, seu serviço ou produtos e os correspondentes pagamentos.

Ou seja, cada vez que entra dinheiro na empresa o caixa vai ficando em positivo, e com cada saída para pagamentos ele fica em negativo e, logicamente, precisa estar sempre em verde para evitar problemas ou atrasos nos pagamentos, que é o que pode levar à falência.

Para você obter o numero real do seu caixa, precisa fazer o cálculo do EBITDA, que é a sigla em inglês para Earnings before interest, taxes, depreciation and amortization. Em português, “Lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização” (também conhecida como Lajida).

PIS/COFINS TEORIA E PRÁTICA – CRÉDITOS SOBRE AS ENTRADAS NA EMPRESA

O que é lucro?

O lucro, significa basicamente o valor ganho durante uma transação comercial, ou no exercício dessa atividade, por exemplo com a venda do serviço, ou de produtos para um distribuidor.

O lucro pode ser calculado através do EBIT que é em inglês significa Earnings Before Interest and Taxes, com seu significado em português “Lucro Antes de Juros e Impostos”.

Como calcular a geração de caixa?

Para calcular a geração de caixa, primeiro é necessário calcular o lucro da empresa, que como comentamos, é calculado através do EBIT. Ele é aplicado com a seguitne fórmula:

(receita líquida) – (custo dos produtos vendidos) – (despesas operacionais e administrativas da atividade) = EBIT

Já para obter o EBITDA, utilizamos o valor anterior e é acrescentada a depreciação e a amortização:

EBIT + (depreciação e amortização) = EBITDA

Uma vez que foi identificado o valor do caixa, o empresário consegue saber a real saúde financeira do seu negócio e afrontar suas obrigações.

O que fazer se o fluxo de caixa é positivo?

Se o fluxo do seu caixa é positivo, parabéns! Quer dizer que você tem uma boa administração da sua empresa e poderá usar esse capital para realizar alguma das seguintes ações por exemplo:

  1. Liquidar dívidas;
  2. Reinvestir no seu próprio negócio;
  3. Pagar as despesas da empresa;
  4. Garantias futuras sobre os próximos compromissos financeiros poderão ser realizados.

O que fazer se o fluxo de caixa é negativo?

Nesse caso, é essencial prestar atenção a suas movimentações financeiras, pagamentos realizados, contratações de funcionários, preço dos serviços, pois algum desses ou mais de um pode estar gerando prejuízo para o seu negócio.

Entre as ações que você pode realizar para melhorar seu fluxo de caixa e melhorar a geração se encontram as seguintes:

  1. Criar um planejamento tributário;
  2. Fazer uma reestruturação financeira;
  3. Analisar a documentação sobre pagamentos tributários com seu contador;
  4. Melhorar seu preço de venda

E-book – SAIBA SE SUA EMPRESA PODE FAZER UMA REVISÃO TRIBUTÁRIA

Como melhorar a geração de caixa?

O principal quesito para melhorar a geração de caixa da sua empresa, vai ser manter una saúde financeira estável e ter toda a documentação organizada com seu contador, ou empresa terceirizada responsável pelo pagamento de tributos.

A seguir, umas dicas de como melhorar a geração de caixa:

Melhor controle sobre o faturamento

O faturamento da empresa é essencial para aumentar o lucro e, consequentemente,  melhorar o fluxo de caixa. Você deverá dedicar um tempo na sua empresa para melhorar e automatizar a emissão de NF-E, ou contratar pessoal qualificado para controlar esse processo.

Consolidar empréstimos solicitados

Muitas vezes os pequenos e médios empresários ficam com receio de contratar um empréstimo, ou por outro lado, acabam contratando empréstimos a mais, acumulando juros e dívidas impagáveis muitas vezes. Tente negociar com seu banco um único empréstimo para realizar o pagamento de todas as suas necessidades financeiras.

Criar incentivos para que o cliente pague antes

Oferecer descontos, promoções ou aproveitar datas especiais como black friday, são ótimas oportunidades para poder conseguir um dinheiro antes do fechamento do mês e não precisar ficar correndo atrás do seu cliente.

Se por exemplo, aquele cliente que sempre demora em realizar o pagamento mensal, você oferece um desconto de 5% caso realize antes de uma data em específico, provavelmente para ele valga mais a pena o investimento e você ganhe mais por receber antes o dinheiro.

Automatizar processos

Hoje em dia é possível automatizar vários processos do faturamento da sua empresa, controle de estoque, envio de documentação à Receita Federal, entre outros.

Você pode consultar com a Prefeitura da sua cidade para a emissão de NF-E que é um processo obrigatório para muitas empresas já, mas não todas estão trabalhando com a mesma ainda.

Logo, você pode acabar contratando algum software de controle de estoque caso trabalhe com produtos ou, se for de serviços, modernizar sua área de atendimento ao cliente, para garantir que seu cliente retorne sempre ao seu negócio.

Conclusão

A geração de fluxo de caixa será sempre uma prioridade para qualquer empresa, independente do tamanho da mesma, pois todas precisam manter um controle sobre as entradas e saídas do negócio para assim conseguir estabilidade financeira.

Mesmo sabendo que não é muito simples, é possível controlar aplicando a fórmula do EBITDA, que explicamos nesse artigo e você poderá calcular de uma forma simples com as informações disponíveis sobre seu faturamento e cobranças.

Se você ainda tem dúvidas sobre como funciona o seu fluxo de caixa, ou como melhorar o mesmo, solicite uma consultoria de Revisão Tributária do Grupo Studio, empresa especializada no planejamento tributário que ajudou a centenas de empresas do Brail todo a reduzir os impostos pagos.


Jose Carlos Braga Monteiro

Detentor das empresas Studio Fiscal, Studio Law, Studio Corporate, Studio Brokers ,E-Fiscal, E-contábil e Studio Energy o Grupo Studio apresenta serviços corporativos inteligentes com uma expertise de mais de 20 anos. Presente em todo o território nacional através de seus franqueados e aliançados, o Grupo apresenta uma grande sinergia quanto aos seus modelos de negócio.