RECEBA NOSSO CONTEÚDO DE FORMA GRATUITA DIRETAMENTE NO SEU EMAIL

Grupo StudioNotíciasBPO financeiro: diferencial competitivo entre empresas

BPO financeiro: diferencial competitivo entre empresas

A tecnologia está cada vez mais presente no cenário empresarial. As organizações sabem aproveitar o que há de mais vantajoso em termos de otimização de processos e readequação de profissionais.

Todavia, transformar toda essa movimentação em um diferencial competitivo, não é uma tarefa simples. Nesse sentido, existem obstáculos naturais para organizações pouco familiarizadas com o tema.

Não é obrigação de uma empresa de outro segmento possuir uma expertise completa no campo da Tecnologia da Informação. Logo, como esperar que a mesma faça parte desse fenômeno e reformule sua perspectiva estratégica de mercado e novos métodos de trabalho?

É nesse momento em que o Business Process Outsourcing (BPO) entra em cena.

Aproveitamento de recursos no que realmente importa

Em uma empresa que está começando a compreender a transformação digital, é preciso ter cuidado. Um investimento alto e pouco assertivo pode prejudicar a adoção de ferramentas inovadoras.

Com a terceirização dessas etapas, o gestor delega os custos de manutenção e suporte ao serviço de BPO, evitando gastos desenfreados e de precisão duvidosa. De modo geral, o contratante terá um aliado especializado para otimizar os benefícios extraídos da máquina.

Em função do outsourcing, que assumirá o papel técnico de automatização de procedimentos, será possível centralizar todos os recursos no core business do negócio, abrindo espaço para que os resultados sejam maximizados com o respaldo digital de plano de fundo para apoiar melhores decisões, seja no âmbito interno, em práticas que incentivem a produtividade, como no campo externo, de relacionamentos enriquecedores com os clientes.

Compliance se torna realidade

Atualmente, temos uma série de fatores essenciais na busca por diferenciais competitivos.

Não é de hoje que a qualidade de determinado produto ou serviço não é sinônimo de sucesso mercadológico, é necessário ir além e se atentar a outros aspectos que também influenciam a escolha do consumidor.

Construir uma cultura corporativa orientada à conformidade, transparência e segurança de dados é uma finalidade imprescindível para que as relações com os usuários respeitem à legislação e demonstrem a preocupação da empresa com a integridade das informações concedidas.

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) é um sinal legal de que a mudança de mentalidade era necessária. A expectativa, agora, é de como as organizações nacionais irão responder às exigências de uma lei que contempla um tema extremamente urgente e caro à população.

O BPO possibilita que esse objetivo seja normalizado no dia a dia operacional.

Estrutura digital

Planejamentos estáticos, que possuem uma validade somente a longo prazo, colocam as empresas em uma situação de vulnerabilidade perigosa para o andamento das atividades e até mesmo para a saúde financeira.

O apoio digital contribui para que os profissionais tenham mais flexibilidade para lidar com situações que fogem do controle do empresariado, na medida em que oferece uma geração de insumos com base em sistemas de inteligência analítica.

Por fim, a resiliência para iniciativas mais assertivas, Compliance como filosofia corporativa e um planejamento estratégico realmente flexível, são exemplos práticos de como o BPO pode reunir as peças de um diferencial competitivo que coloque a empresa em um estágio de destaque entre seus concorrentes.

Fonte: Jornal Contábil.

 


Redação Grupo Studio