RECEBA NOSSO CONTEÚDO DE FORMA GRATUITA DIRETAMENTE NO SEU EMAIL

Grupo StudioOutrosLenda da NBA, Kobe Bryant investiu milhões em startups

Lenda da NBA, Kobe Bryant investiu milhões em startups

Kobe Bryant estreou na NBA em 1996. Em 20 atuando como atleta profissional na maior liga de basquete do mundo, o astro colecionou títulos e prêmios individuais. Porém, o sucesso de Kobe ia além das quadras de basquete, já que o eterno camisa 24 dos Los Angeles Lakers, que faleceu no último domingo (26), também possuía uma carreira promissora no mundo dos negócios.

Em 2013, Bryant deu inicio a sua carreira como empreendedor e fundou a empresa de capital de risco Bryant Stibel, em parceria com Jeff Stibel. Em 2016, investiu aproximadamente US$ 100 milhões em empresas de tecnologia em estágio inicial.

Desde então, o fundo de capital de risco de Bryant superou mais de US$ 2 bilhões em ativos, com investimentos em diversas empresas de tecnologia, mídia e dados. Em seu site oficial, a Bryant Stibel aponta investimentos em 25 companhias.

Kobe também comprou 10% da participação na empresa de bebida esportiva BodyArmos, que em 2018 recebeu investimento da Coca-Cola para fazer concorrência com a Gatorade. O negócio rendeu mais alguns milhões ao atleta.

Em 2018, Bryan criou a Granity Studios, especialista em mídia de esportes. Pouco tempo depois, a empresa divulgou o curta-metragem “Dear Basketball”, que rendeu ao astro um Oscar.

Assista ao nosso vídeo sobre o mercado de startups no Brasil:

Listamos algumas startups em que Kobe Bryant investiu:

  • Tile: fundada em 2012, a startup cria dispositivos eletrônicos que auxilia as pessoas a localizarem objetos perdidos.
  • Reserve: baseada em Nova York, a empresa de tecnologia é focada em restaurantes e tem o objetivo de fazer o cliente ter a melhor experiência possível.
  • The Players Tribune: a plataforma permite que os atletas se conectem com os fãs através da história de suas carreiras.
  • VIPKid: a plataforma conecta estudantes do mundo todo que querem aprender inglês, com professores do Canadá e Estados Unidos.
  • LagalZoom: plataforma tecnológica de aconselhamento jurídico que ajuda os clientes a criarem documentos legais sem ter que contratar um advogado.

Fonte: Uol


Redação Grupo Studio