RECEBA NOSSO CONTEÚDO DE FORMA GRATUITA DIRETAMENTE NO SEU EMAIL

Grupo Studio Franquias Studio FiscalSaiba como usar um orçamento empresarial para reduzir custos

Saiba como usar um orçamento empresarial para reduzir custos

Saiba como usar um orçamento empresarial para reduzir custos

Um orçamento empresarial bem definido é a diferença entre negócios rentáveis e aqueles que só geram trabalho e decepção. Empresas que cuidam das finanças com a atenção que elas merecem só têm a ganhar, desde que sejam orientadas por práticas pautadas pela informação.

Isso significa que, ao implementar uma mudança em processos, cortar gastos ou qualquer medida com o objetivo de aumentar os lucros, o critério número um será científico. Ou seja, será aproveitado tudo que tenha sua eficácia testada e comprovada.

Parece confuso? Prossiga a leitura do artigo e saiba como reduzir custos e despesas por meio do conhecimento!

Montando um orçamento empresarial por rolling forecast

O planejamento das finanças em empresas pode parecer complexo e imprevisível demais para empresários pouco habituados a fazer prognósticos de custos e receitas com vendas. Uma maneira de facilitar a montagem dessa estimativa é o rolling forecast.

Em inglês, forecast tem uma tradução bastante direta: previsão. Portanto, ao adicionar o termo rolling (rolando), cria-se um termo que, adaptado às finanças, poderia significar previsão ao longo do exercício. Trata-se de elaborar o orçamento do próximo ano com base nos custos e lucros apurados de um mês do exercício vigente.

Por exemplo, se sua empresa previu custos de R$ 5 mil para o mês de dezembro de 2017, mas no balanço patrimonial foram computados R$ 7 mil, essa será a previsão para o mesmo mês de 2018. Simples, não?

Diferenciando custos e despesas operacionais

A recessão econômica, se por um lado reduz o market share das empresas em geral, por outro acaba sendo uma oportunidade de rever o orçamento e reduzir gastos.

Nesse aspecto, é muito importante a empresa saber distinguir custos de despesas, para poder se antecipar aos períodos de queda nas vendas. Existem segmentos que lidam com sazonalidades que impactam seriamente as finanças, por isso, estar preparado para o pior é fundamental. De forma bastante resumida, pode-se definir:

  • custo — todo valor consumido na compra de matérias primas, maquinário, equipamentos e que represente gasto com fabricação é considerado um custo, que pode ser direto ou indireto;
  • despesa — para manter suas operações, uma empresa precisa pagar por uma série de serviços. Tudo que se relaciona com folha de pagamento, comissões e investimentos em propaganda pode ser enquadrado como despesa.

Levando em conta a volatilidade do mercado a que estão sempre sujeitos, custos e despesas precisam ser sistematicamente reavaliados. Isso inclui valores pagos a título de empréstimos bancários, financiamento de equipamentos, veículos e tudo que representar gastos com a produção ou a operação da empresa.

Avaliando periodicamente o fluxo de caixa

Nenhum orçamento poderá ser bem estruturado se o fluxo de caixa não for constantemente reavaliado. Isso porque os valores que são registrados no movimento financeiro de um dia ou de uma semana podem não significar receitas disponíveis imediatamente.

É o caso de compras feitas a prazo, por exemplo. Portanto, estar preparado para a entrada de valores futuros é parte de um planejamento orçamentário eficaz.

Ouvindo as pessoas que estão na linha de frente

Não se pode imaginar que é possível dar conta de todo o planejamento de uma empresa sem ouvir as pessoas envolvidas diretamente nas suas operações.

Contadores, caixas e recepcionistas são alguns dos profissionais que, pela prática diária, acumulam conhecimento suficiente para dar dicas valiosas e úteis ao montar orçamentos empresariais. O trabalho em equipe é sempre o mais indicado, principalmente quando se trata de projetar as finanças.

Agora que você sabe por onde começar seu orçamento empresarial, mantenha-se sempre atualizado com nossos conteúdos. Assine agora nossa newsletter e fique por dentro das principais dicas sobre finanças e tributação para sua empresa!

 


Acesse nossos eBooks gratuitos:

Guia da Consultoria Tributária – A forma mais segura de sua empresa pagar menos impostos
Manual da gestão tributária: Guia prático para empresários

 


Redação Grupo Studio