RECEBA NOSSO CONTEÚDO DE FORMA GRATUITA DIRETAMENTE NO SEU EMAIL

Grupo Studio Franquias Studio FiscalEntenda o que é planejamento tributário de uma vez por todas

Entenda o que é planejamento tributário de uma vez por todas

Entenda o que é planejamento tributário de uma vez por todas

A gestão fiscal de empresas pode parecer complexa para muitos empreendedores. Contudo, ela é essencial para a operacionalidade das empresas e não deve nunca ser negligenciada. Caso contrário a empresa corre o risco de, no futuro, ver os investimentos serem perdidos por conta de problemas fiscais. Por isso, toda empresa deve preparar e seguir um planejamento tributário.

Embora conceber um planejamento possa parecer difícil, é preciso entender o que ele é e quais são as suas funções. E é exatamente o que vamos mostrar a seguir. Continue a leitura e confira ainda 3 motivos para fazer o planejamento tributário e qual é a forma ideal de construí-lo.

 

Planejamento tributário: o que é?

Basicamente, o planejamento tributário consiste no planejamento das atividades voltadas para a gestão das obrigações fiscais de uma empresa. Assim como um planejamento de logística ou de marketing, é orientado para otimizar os recursos utilizados na gestão fiscal e encontrar pontos de melhoria.

Dessa forma, no caso do planejamento tributário, o trabalho será voltado para encontrar o melhor regime tributário e condições fiscais para a empresa operar, buscando assim redução nos custos com tributação. Essa etapa chamamos de planejamento estratégico.

A outra atividade fundamental do planejamento tributário é a regularização e cumprimento das obrigações tributárias da empresa. Essas são as atividades financeiras rotineiras, mas que devem ser previstas no planejamento, como: pagamento dos impostos nos prazos, escrituração das operações, pagamento da folha salarial etc. Essa outra fase chamamos de planejamento operacional.

 

Planejamento tributário: por que adotar?

Como em outras áreas da gestão de empresas, o planejamento tributário tem alguns objetivos e razões que justificam sua adoção como forma de melhorar resultados e criar melhores condições de crescimento.

Vamos falar agora brevemente das principais razões que motivam o planejamento tributário.

1. Evitar a incidência de impostos

No planejamento tributário busca-se formas de evitar que determinados impostos incidam. Existem procedimentos e alternativas que bloqueiam o fator gerador de tributação, sendo possível isentar a empresa de alguns impostos.

2. Reduzir o valor dos tributos recolhidos

O planejamento tributário também se encarrega de encontrar formas de reduzir o valor dos tributos. Isso é feito por meio da redução de alíquotas e enquadrando a empresa no regime tributário ideal para ela, seja ele o Simples Nacional, o Lucro Real ou o Lucro Presumido.

3. Adiar pagamentos

O trabalho do planejamento vai procurar fornecer as melhores condições para o pagamento dos tributos. Isso quer dizer encontrar formas para que os pagamentos sejam feitos no momento adequado para a empresa, ou seja, quando ela tiver capital de giro suficiente, sem com isso ter de arcar com multas. Assim, se evita que a empresa comprometa sua gestão financeira para honrar as obrigações tributárias.

 

Planejamento tributário: como fazer?

O primeiro passo é contar com uma equipe capacitada. Muitas empresas que lidam com grandes operações confiam sua gestão tributária em um profissional sem um acompanhamento mais próximo. Isso pode ser extremamente prejudicial pelo volume de trabalho e falta de consciência da centralidade desse setor.

Por isso, o mais recomendado é contratar uma equipe ou consultoria tributária especializada. Contratando uma consultoria todo o planejamento será pensado visando os objetivos e metas da empresa. Para isso, os escritórios e agências são capacitados a identificar os problemas e oportunidades, visando melhorar a gestão tributária segundo às necessidades da sua empresa.

Ao contratar uma consultoria, primeiro deve ser feita uma avaliação em conjunto, que identifique a situação atual da empresa e quais suas necessidades mais urgentes. A partir desse diagnóstico, o trabalho se volta para as adaptações e regularizações necessárias para que a empresa seja alocada no melhor regime tributário para ela. E posteriormente, para a gestão das atividades fiscais diárias, com as adaptações e mudanças necessárias.

A Studio Fiscal atende mais de 3 mil clientes no mercado de contabilidade e queremos ajudar a sua empresa com o seu planejamento tributário. Entre em contato com nossa equipe e entenda como nós podemos ajudar!

 


Acesse nossos eBooks gratuitos:

Guia da Consultoria Tributária – A forma mais segura de sua empresa pagar menos impostos
Manual da gestão tributária: Guia prático para empresários

 


Redação Grupo Studio