RECEBA NOSSO CONTEÚDO DE FORMA GRATUITA DIRETAMENTE NO SEU EMAIL

Grupo Studio Franquias Studio FiscalBenefícios para os funcionários: quais são os mais importantes?

Benefícios para os funcionários: quais são os mais importantes?

Benefícios para os funcionários: quais são os mais importantes?

A Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) garante algumas vantagens para os trabalhadores de carteira assinada. Alguns são de concessão obrigatória, devendo ser considerados antes da contratação.

Porém, há alguns benefícios para os funcionários que são opcionais e que, muitas vezes, são negligenciados pelos empresários por serem vistos como um custo desnecessário. Contudo, eles podem aumentar a produtividade dos empregados.

Por isso, preparamos este post sobre os benefícios mais importantes e suas vantagens. Confira!

Benefícios obrigatórios

Os benefícios obrigatórios aos empregados estão elencados em lei, acordo ou convenção coletiva de trabalho.

É um dever do empregador concedê-los, e, caso o funcionário não os receba integralmente, poderá cobrá-los judicialmente. A seguir, listaremos alguns deles:

Férias remuneradas

As férias remuneradas devem ser concedidas ao empregado que já cumpriu o chamado período aquisitivo, ou seja, após 12 meses de trabalho na empresa.

Esse período de descanso será de 30 dias, podendo ser divididos em 3 períodos, com o primeiro de mais de 14 dias, e os outros dois com pelo menos 5 dias cada.

O colaborador recebe sua remuneração normalmente, além do adicional de 1/3 garantido pela Constituição.

Pagamento adicional de horas extras

A jornada de trabalho normal é de 8 horas diárias e 44 horas semanais. Todo o tempo que o funcionário trabalhar além desse período é considerado hora extra.

Esse tempo adicional de trabalho deve ser remunerado com um valor diferenciado, para compensar o esforço do empregado, por isso, constitucionalmente, o trabalhador terá direito ao pagamento da hora normal com adicional de 50%.

A hora extra também pode ser compensada pelo banco de horas, que deverá constar em acordo individual ou norma coletiva de trabalho.

Depósito do FGTS

Todo mês o empregador recolherá 8% do salário do empregado para o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço. Esse valor é depositado em uma espécie de conta, gerida pela Caixa Econômica.

O saque desses recursos só pode acontecer em situações específicas que a lei determina, como a demissão sem justa causa. Isso serve para que o trabalhador tenha uma reserva em caso de necessidade, como uma poupança.

13º salário

O 13º salário é um benefício devido a todos os empregados com contratos de trabalho regidos pela CLT. Ele corresponde ao valor de 1/12 da remuneração do mês de dezembro, para cada mês trabalhado no ano.

Caso o trabalhador não tenha trabalhado todos os meses do ano, o 13º é pago de forma proporcional: ele recebe 1/12 do valor para cada mês em que teve pelo menos 15 dias de trabalho.

 

Faça revisão de tributos da sua empresa

Benefícios facultativos

Os benefícios facultativos são opções do empregador, ou seja, ele não estará obrigado legalmente a concedê-los. Confira alguns deles:

Vale-alimentação

Esse benefício é concedido de forma opcional pelo empregador. A sua finalidade é ser utilizado para compras em mercados, padarias ou restaurantes, por exemplo, garantindo a alimentação do empregado.

O valor costuma ser definido pelo empregador, e o ideal é que seja concedido em um valor condizente com o que se gasta com alimentos na região da empresa. Contudo, o pagamento dessa verba pode ser previsto em norma coletiva.

Assistência médica

A empresa também pode oferecer o custeio de um plano de saúde. Esse benefício pode ter uma parte de seu custo descontado do salário do empregado, devendo o restante ser pago pelo empregador.

Vale-cultura

O vale-cultura é um valor concedido aos trabalhadores para a aquisição de produtos ou serviços relacionados ao lazer e entretenimento, como cinemas, teatros e livros.

Vantagens de oferecer benefícios para os funcionários

Tem-se a ideia de que somente as vantagens financeiras são importantes para os empregados, porém, os serviços e produtos oferecidos pelas empresas são uma forma de motivar os trabalhadores.

Muitas vezes o gestor analisa os custos desses benefícios e entende que o investimento não é necessário ou que só causará prejuízos para a empresa.

Entretanto, essas benesses melhoram a qualidade de vida e, consequentemente, estimulam os trabalhadores a produzir mais, pois estarão mais motivados e seguros.

Benefícios como assistência médica, planos odontológicos, bolsas de estudo são ótimas opções para oferecer aos empregados, demonstrando que a empresa se importa com o bem-estar dos trabalhadores.

Ainda ficou alguma dúvida sobre os benefícios para os funcionários? Então comente aqui no nosso post!

 


Acesse nossos eBooks gratuitos:

Guia da Consultoria Tributária: a forma mais segura da sua empresa pagar menos impostos
Manual da gestão tributária: guia prático para empresários

 


Redação Grupo Studio